Dia 9: Jabulaaaaniii

19/06/2010

Show holandês só na arquibancada

O primeiro jogo de hoje comfirma o “Até tu, holanda?” dito anteriormente neste bolg. A seleção que sempre nos desperta a esperança de ver um bom futebol aderiu ao jogo de resultado. Joguinho sem vergonha. Os japoneses, com seu claro objetivo defensivo, mais uma vez mostraram-se disciplinados taticamente e com muito comprometimento. Em um primeiro tempo morno, uma tentativa de bicicleta de Kuyt foi o lance mais perigoso. Na segunda etapa os holandeses atacavam com preguiça, mas paravam na forte defesa japonesa, liderada pelo gigante Marcos Túlio Tanaka. O único gol do jogo saiu dos pés do maestro laranja Sneijder, um petardo que queimou as mãos do goleiro Kawashima. A nova holanda é assim. Jogo ganho, classificação garantida, Robben só nas oitavas. Acostumem-se.

Mas mal sabíamos nós que joguinho sem vergonha mesmo estaria por vir. Gana vinha embalada pela vitória na primeira rodada, mas logo no começo do jogo quem abriu o placar foi a Austrália, após falha desastrosa do bom goleiro Kingson (Jabulani neles!), com Holman. Gana foi ao ataque e a boa jogada de Ayew resultou no chute de Mensah defendido por Kewell, que não é goleiro. Pênalti e cartão vermelho para o camisa 10 australiano. Gyan marcou seu segundo gol na Copa, o segundo de pênalti. “Agora vai”, pensamos, mas os estrelas negras não souberam aproveitar a vantagem numérica e ficou nisso, 1 x 1. Grupo D embolado, vagas abertas, exceto talvez para a equipe da Oceania que possivelmente marcará o mundial apenas por ter apresentado belas camisas.

Apesar de tudo, o dia não foi perdido. O confronto entre Camarões e Dinamarca agradou. As duas equipes perderam na primeira rodada e tiveram que mudar suas esalações e forma de jogar. Camarões, agora com Geremi, Emana e Webo suprindo o finalmente centroavante Eto’o, saiu para o jogo e logo abriu o placar. Christian Poulsen entregou a bola para Webo que pasou rápido para Eto’o marcar. A partida ficou equilibrada com boas chances para os dois lados. ADinamarca também jogava mais para frente, o veterano Tomasson entrou no time para fazer comanhia ao solitário Bendtner. Após belo lançamento de Kjaer, Rommedahl, melhor em campo, foi veloz e deu assistência para Bendtner igualar o placar.  O jogo continuou igual e Eto’o ainda mandaria uma bola na trave antes do intervalo. No segundo tempo o ritmo diminuiu. Lançamento para Rommedahl, que dribla Makoun e chuta no canto do goleiro Souleymanou. Belo gol para coroar a bela atuação do 19 nórdico. Os leões voltam para casa.

 

Seleção do dia: Schwarzer; Jacobsen, Kjaer, Tanaka, Van Bronckhorst; A. Song, Ayew, Rommedahl, Sneijder; Gyan, Eto’o.

Pitacos:

CBF tenta de tudo para impedir que Drogba use a proteção no braço durante partida contra o Brasil. Tá com medinho é?

Anelka manda Raymond Domenech tomar suco de caju depois de chamá-lo de filho da luta e é cortado da Copa do Mundo. E qual vai ser a punição para os 65 milhões de franceses que disseram a mesma coisa?

 

Felipe Blumen

Anúncios

Uma resposta to “Dia 9: Jabulaaaaniii”

  1. Raphael Rocha Says:

    Preciso dizer que “filho da luta” foi sensacional.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: